01 julho 2014

Um simples olhar



Se podemos mentir com a boca, porque também não com o olhar? Será talvez porque o olhar seja algo que não conseguimos de certa forma controlá-lo? Não que você não tenha o controle de olhar para onde quiser, mas sim que você possa não conseguir disfarçar seus sentimentos que são expressos através dele.
Eu amo um olhar, daqueles que me fazem perder o chão, que me leva nas nuvens e me faz abrir um sorriso bobo. Pode parecer bobagem mais quando você começa a falar com as pessoas olhando nos olhos você se sente constrangido, você começa a desviar o seu olhar, porque é uma coisa tão forte, uma sensação indescrevível, não sei explicar...
Me apaixono por um olhar, ou com um olhar... Ainda mais quando este olhar é retribuído, quando você vê que a pessoa ta sentindo o mesmo que você naquele momento, um simples olhar proporcionando dois sorrisos bobos.
Sentimentos são transmitidos, seja eles bom ou não, pois um olhar pode entregar uma mentira, um ato de frieza, ódio, inveja, mas também o amor, alegria, felicidade.
Talvez vocês me devem estarem pensando que sou uma boba em estar falando isso, meio que sem sentido, e inclusive é meu segundo post sobre isso, mas é que eu amo muito um olhar, acho tão romântico, tão fofo, pessoas que se olham e ficam ali pensando mil coisas, ficar sonhando...
Pra me encantar você precisa de um simples olhar, e a cima de tudo que seja verdadeiro, sincero, sem falsidade, que me traga sentimentos puros e me faça sair do chão.

Um comentário:

  1. Adorei Ulhy, muito lindo texto, parabéns!
    pipocadeneveoficial.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Layout por Heloise Oliveira - Tecnologia Blogger