26 maio 2015

Vulnerável ás lágrimas

Apesar de pequenas possuem tamanha força capaz de ir contra a minha própria vontade. Não consigo segurar minhas lágrimas, e por mais que eu tente, elas sempre escorrem. Eu estava ali no cantinho do meu quarto, magoada por coisa desnecessária que nem merecia que eu desse tamanha importância, e independentemente da minha idade sempre irei chorar por coisas bobas, e eu odeio ser assim. É horrível se sentir frágil a ponto de ficar mal por algo que muitos estariam rindo, eu tento, me esforço ao máximo, mas não dá. As vezes em certos lugares pelo fato de estar rodeada de pessoas que iram poder ver, que a tristeza vem á tona, eu até consigo, mas só naquele momento, pois guardo dentro de mim e assim que eu puder ficar sozinha, retirar todas essas lágrimas antes que me afogue aqui por dentro. Demonstrar os sentimentos é algo valioso, porém como tudo em excesso acaba se tornando prejudicial, e de fato, demonstrar demais o que eu sinto não é nada bom para mim. Mas prefiro fazer com que isso, mesmo assim seja bom, procuro ver sempre o lado bom das coisas, e com os meus sentimentos não seria diferente.
Vulnerável ás lágrimas, é eu sou assim, e por mais que ás vezes eu a engula sempre chega uma hora que transborda, e aquele choro imenso escorre pelo meu rosto.
Tem dias que bate uma vontade de chorar mas eu não consigo, não por impulso próprio, mas eu coloco algumas músicas tristes e num piscar de olhos elas já estão ali regando a minha face. Isso é estranho, quando eu quero não consigo, e quando eu não quero elas vem com uma facilidade enorme.
Mesmo que o choro tenha como grande significado a tristeza, ele é muito importante, pois de certa forma é essencial em nossas vidas. Não necessariamente simbolize só tristeza, pois o choro é uma consequência da emoção, seja ela boa ou não, portanto também pertence a felicidade.
Quem sabe algum dia eu possua controle sobre meus sentimentos e evite de mostrar minha fraqueza as pessoas ao meu redor, e deixe de ser vulnerável.

2 comentários:

  1. Poer incrível que pareça eu também sou assim, as vezes fico triste por pequenas bobagens, mas cada um tem varias formas de demostrar seus sentimentos, eu mesma choro feito criança e as vezes sem ligo, por que esse é minha forma de demostrar o que estou sentido no momento, mesmo que depois percebemos que nem era pra tanto, mas eu sou assim!!

    http://palavas-ao-vento.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essas pequenas bobagens se tornam imensas ao nossos olhos, e sim depois percebemos que nem era pra tanto mesmo, mas fazer o que, somos assim né! Bjs <3

      Excluir

Layout por Heloise Oliveira - Tecnologia Blogger