06 junho 2015

E se eu falhar

Quanto mais o tempo passa, mais responsabilidades a vida me põe. Embora pareçam simples, mas meu emocional tem a força de fazer com que fique muito mais intensas do que o real.
A pressão aumenta e o medo de fracassar me corrói, o medo do que os outros vão pensar caso eu não alcance aquelas metas que não importa somente a mim, mas a também aqueles que estão ao meu redor. Só de pensar na hipótese de falhar eu já fico mal, enquanto eu não chego onde eu quero, levo todos os dias com aflição, mesmo que eu saiba que isso é desnecessário de nada adianta, os meus sentimentos agem contra minha própria vontade.
Há um tempo eu venho caindo, regredindo, eu reconheço isso e me esforço ao máximo pra alcançar aquele lugar que um dia já me pertenceu, mas não sei o que acontece que algo sempre faz com que não de certo.
O erro é meu, mas que erro é esse? Porque isso agora? Logo no momento que preciso dar o meu melhor e mostrar tudo aquilo que sou, eu não consigo mostrar nem meio terço, e isso faz com que os meus dias por mais feliz que sejam tenham um certo vazio lá no fundo que eu prefiro evitar, e fingir que não estou sentindo, ou melhor, me enganar que eu estou fingindo.
É complicado intender, as vezes nem eu intendo, mas eu sei que existe este problema, e sei que se não conseguir resolve-lo ele vai me afundar cada vez mais e mais.
Eu quero me sobressair, quero sair, sair desse fundo no qual me acomodei, no qual passei por tanto tempo sem me preocupar que aqui não é o meu lugar. Isso me machuca, isso me tortura, não quero ser melhor do que ninguém, mas quero ser aquilo que eu tenho que ser, e sei que é uma pessoa melhor do que eu venho sendo ultimamente.
A vida esta passando rápida demais, e quanto mais o tempo passa mais tempo eu perco, mais o meu futuro fica pra trás, mais os meus objetivos ficam distantes, mais meus sonhos ficam impossíveis de se realizar. E sabe o que mais? Mais eu sei disso, e mais eu não faço nada.
Então chegou a hora, a hora que já chegou faz tempo e eu adiei, mas não da mais pra fugir, não da mais pra dormir e fingir que nada esta acontecendo, não o que deveria acontecer. Eu vou conseguir, eu sei que sou capaz, e mesmo se eu não for, eu vou fazer o possível pra ser, porque quando se tem vontade não importa o quão difícil é.
Estou determinada, apesar de que há uma boa parte do meu ser que tenta me dominar, a insegurança, que me desafia, que duvida da minha vitória, que me faz nem querer tentar. Ah, que pena, mal sabe ela que eu adoro desafios, pois eles me motivam a querer provar que eu consigo, e que me da um chute em direção ao gol, e esse jogo já tem dona!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Layout por Heloise Oliveira - Tecnologia Blogger