30 junho 2014

Meu coração não é brinquedo

Vou te falar uma coisinha garoto, se você quer brincar eu te dou um carrinho, e não meu coração, se você quer se divertir vai soltar pipa, e não me iludir!
Me machucou, eu sofri, me iludiu e eu boba cai, mas foi bom, eu aprendi, na verdade to aprendendo ainda, se você acha que vai me ver por baixo você ta muito enganado, ainda não virei tapete pra ser pisada, to deixando de ser a idiota que te amava, sabe, do mesmo jeito que o amor nasce, ele morre, do mesmo jeito que você da um laço você o desfaz, então não pense que pra sempre vou sofrer de amor por você.
As vezes cansa correr atrás de alguém que não dá um passo por você, não é que desisto, é que estou cansada de insistir em algo que só me faça sofrer, vou deixar o tempo resolver, mesmo que ele não cure a ferida que apesar de remendada vai esta sempre aqui comigo... sei que um dia eu ainda vou rir disso, que vou superar, ou melhor, estou superando, de vagar, mas vamos que vamos.
Posso passar uma imagem de fraca, mas eu sou forte, posso passar uma imagem de forte, mas eu sou fraca... intendeu? Não né? Eu sei, sou do tipo que não quero que pensem que sou uma fracassada, mas também que não pensem que sou forte e sei suportar tudo.
Poxa garoto, eu esperava mais de você, e ainda espero, que você possa perceber que a vida, ou melhor, as pessoas não são um parque de diversão, onde você passa se diverte e se vai. Que você intenda que não é fazendo os outros sofrerem que você vai se vingar do que um dia já te fez sofrer também, não é porque te iludiram que agora você vai iludir, ou você gostou quando alguém te disse que te amava, que te fez sonhar e acreditar no amor, e depois foi embora sem cumprir, sem ao menos uma explicação? Não, você esta fazendo isso errado, mas espero que você aprenda, assim como estou aprendendo agora, porque isso me faz crescer, afinal, é com as tristezas que temos a motivação pra ser feliz e não desistir.


Layout por Heloise Oliveira - Tecnologia Blogger