16 dezembro 2015

Resenha quinteto de sombras - Macrilan

Oii amores, como vocês estão? espero que estejam bem, caso não estejam tratem de ficarem hein haha. No post de hoje irei dar continuidade a série de resenhas do conteúdo da maleta macrilan, onde vocês podem estarem adquirindo na loja virtual Maçã Verde Outlet, recomendo de todo coração pois sei que nela posso confiar plenamente haha. Ah, e a resenha da vez é do quinteto de sombras no tom do rosa/roxo.


A macrilan oferece maquiagens bem acessíveis e que possuem um resultado muito satisfatório, ultimamente venho usando bastante e amando cada vez a maleta da mesma, e essas sombras estão inclusas com certeza haha.

A embalagem é bem simples, apenas com o logo da marca em cima que tem um efeito bem legal ao mudar de cor de acordo com a posição em que se vê, não sei explicar direito, mas acho que vocês vão entender, ou não, tentei haha.

Esse kit possui cores lindas, e na certa já me agradaram visualmente, pois são cores bem menininhas e que aderem a uma bela make delicada, ou até mesmo bem marcante, além de que tem o roxo, minha cor preferida. As tonalidades são bem vibrantes e brilhosas, mas não ao ponto de serem cintilantes. Na primeira repartição esta um rosa mais forte, depois um mais claro, em seguida um branquinho rosado, um lilás e por último um mais roxo.


A pigmentação é muito boa, se fixa bem na pele e o brilho se mantém, apliquei no braço cada uma e arrisquei uma demonstração na pálpebra, a cor no real ficou levemente diferente, devido a brilho que elas possuem.

Tem uma ótima durabilidade, apliquei em torno das 15 horas da tarde, e fui tirar só 23 horas da noite, quando já estava começando a sair, pois já estava com sono por incrível que pareça, já que durmo muito mais tarde, então comecei a esfregar os olhos, talvez isso tenha influenciando um pouco no tempo de duração, mas no geral é muito bom.


Simplesmente amei cada sombra do quinteto, cada uma mais linda que a outra e possui um resultado muito gratificante. Não fiz uma make mais elaborada, peço desculpas por isso, mas foi basicamente para que vocês possam terem uma noção dos tons nos olhos.


Meninas, para adquirirem a maleta e encontrar essas sombras e muito mais é só acessarem a Maçã Verde Outlet, e usarem o cupom do blog, "moderninha", para terem um desconto e arrasarem por aí lindonas. Ah, sem contar que lá tem muito mais opções, e o que estiverem procurando podem achar lá.

Espero que vocês tenham gostado, e me contem ai nos comentários o que acharam das sombras, um grande beijo a todas e até o próximo post, conto com vocês!

13 dezembro 2015

Em vão, ou não

Quando nos damos conta de que nada que fizermos será o suficiente para agradar quem tanto nos preocupa, começamos a agir por nós mesmos, afinal aquilo será algo que não desrespeitará os outros.

Todo esforço então se torna aparentemente em vão, mas não completamente, pois no fim tudo aquilo se transforma em um incentivo, um motivo para não parar e seguir em frente, e provar do que somos capazes, e por mais que não precisemos provar nada há ninguém, é um impulso, no qual mesmo sem estarmos dispostos, nem nos damos conta de que já foi.

Tão ínfimo é pensar que não, mas a maior motivação não vem de nós, ela parte de nós. E tudo, quase sempre se repete, você conquista algo mas não é aplaudido, se entristece por isso, se revolta e pensa, decide não contar mais com ninguém, não cria expectativas e promete não se decepcionar novamente, mas também diz que vai fazer melhor, que vai realizar outro feito e os outros irão se orgulhar, pois no fim todo seu esforço é pensando em alguém. Felicidade sem plateia pode até durar mais, mas sem ninguém pra assistir o espetáculo, não terá motivo algum para ele ser realizado.

E na verdade, não existe o certo a se fazer, nem o que pode acontecer, cada caso é um caso, e o final poderá sempre ser o mesmo quando continuar sendo executado da mesma maneira. Ah, afinal, o que seria de nós se não tivéssemos esperanças, se no fundo não esperássemos por algo, independente das pequenas possibilidades de acontecerem, não seríamos nada, apenas seres humanos, mas eu não, quero ser muito mais, mesmo que custe algumas horas de dores, querei sim ser, um ser de emoções.

Layout por Heloise Oliveira - Tecnologia Blogger